Ao Nosso Querido, com Carinho




Ao Nosso Querido, com Carinho
Por Saulo Rodrigues
(Palhaço Cuidador Muzzarela)



Quando o seu dia começa com um ‘Bom dia’ (de uma pessoa desconhecida chegando na parada de ônibus) com um sorriso estampado no rosto… Você tem certeza de que seu dia será bom. Às vezes parece que o universo conspira a nosso favor e nos dá sinais de que não há razões para se preocupar.
E assim foi o meu dia hoje.
Fui dormir um pouco nervoso e bastante pensativo quanto ao dia que estava por vir. Ao acordar, o universo já começou a me dizer que o dia seria ótimo. Quando a causa é nobre, todos querem ajudar. O amor é contagioso, como dizem.
O dia começa. Um belo céu azul. Um café da manhã. Uma boa música. Um ônibus. Outro ônibus (fazer o quê, né?). Uma fantasia. Outra fantasia.
E aí eu já estava com ela em mãos. Eu estava quase pronto para apresentar o homem aranha ao seu fã. Me faltavam ainda algumas horas e um pouco mais de tranquilidade. É uma responsabilidade imensa vestir-me do ídolo de alguém.
Mais algumas horas se passaram. Um belíssimo sol. Um forte calor. Um almoço com excelente companhia (Sim, coxinha é almoço). Desejos de boa sorte. Mais alguns minutos.
E eis que chegamos aos bastidores, onde sentimos novamente um friozinho na barriga. Como se fosse a primeira atuação. E aí vem o momento em que nos tornamos crianças mais uma vez e deixamos todos os problemas de lado. Esta é a hora em que o seu palhaço toma conta do seu espírito. E a partir daí tudo fica mais fácil. O universo conspira ao seu favor quando você está entregue para aquela causa.
Doutor Xólix e Homem Aranha estão prontos para encarar mais um desafio. Chegamos à UTI Pediátrica do HULW. A expressão de alegria de nosso querido é genuína. E isso, por si só, já seria mais que suficiente para encerrar este relato. Apesar de todas as dificuldades que ele enfrenta com sua patologia, tem um momento para estar feliz de verdade com o seu herói preferido e com o médico mais divertido que ele pode ter.
Sorrisos. Risadas. Abraços. Beijos. Presentes. Segredos.
Não dá para descrever todos os momentos que vivenciamos, tampouco todas as conversas que tivemos, mas posso citar o sentimento daquele instante: amor.
O homem aranha conseguiu a permissão do Doutor Xólix para visitar seu mais novo amigo. Mesmo fraco após uma batalha contra o Duende Verde, ele teve forças para fazer uma visita à ao nosso querido, que já estava tomando o seu supersoro. Em breve ele poderá soltar teias também.
Ah, pouca gente sabe, mas agora temos um novo homem aranha. Lembra que falei: “quando a causa é nobre, todos querem ajudar”? O nosso querido recebeu uma fantasia e fez um acordo conosco de que agora seria o novo homem aranha daquela UTI. Sua missão? Proteger aquele local dos vilões.
Nos despedimos.
- “Então temos um acordo, né? Eu cuido lá de cima e você cuida dessa parte aqui! Porque agora você é…”
- “O homem aranha!”

E isso, meus amigos, é um bom dia com um sorriso estampado no rosto.




 Saulo Rodrigues, fisioterapeuta de profissão e coração, palhaço por vocação. Sempre a favor da humanização!